Absorção da Palavra

PETER AMSTERDAM

Os cristãos que desejam florescer em seu relacionamento com Deus e estão interessados em crescimento espiritual reconhecem que ler e absorver a Palavra de Deus é de vital importância. É nas páginas da Bíblia que aprendemos sobre Deus, Seu amor pela humanidade, Jesus, Sua mensagem, como viver em harmonia com Deus e com nossos semelhantes.

Deus é o Criador e quer se relacionar com a Sua criação. Para tornar isso possível, revelou-se para nós pela Bíblia. É onde nos ensina sobre Seu amor por nós e sobre o que faz para que seres infinitos e imperfeitos como nós se relacionem com Ele. Quanto mais permanecermos na Sua Palavra e a deixarmos permanecer em nós, mais saberemos viver em harmonia com Ele e em conformidade com Sua vontade, de maneira a refletirmos o Senhor e Seu amor, especialmente em nossas interações com outros.

A leitura da Palavra de Deus


Dedicar diariamente um tempo para ler a Bíblia é uma oportunidade de nos conectarmos com Ele cada dia. Deixa-nos receptivos ao que Ele tem para nos dizer, às Suas instruções, orientações, e nos ajuda a lidar com os problemas e dificuldades. Ler com regularidade as revelações de Deus para nós nos lembra do código moral segundo o qual devemos viver e nos orienta quando nos virmos diante de decisões. É um elemento-chave para os que querem ser como Jesus, pois é na Bíblia que encontramos Seus ensinamentos, vemos o exemplo de Seu amor e iniciamos nosso relacionamento com Seu Pai, pelo caminho que Seu sacrifício criou para nós. Aprofundarmo-nos em Sua Palavra nos torna mais conscientes do valor que Ele dá a cada indivíduo e do Seu amor e compaixão por todo ser humano. Conforme absorvermos as verdades contidas nessas páginas, meditarmos e orarmos sobre o que ensinam, procurarmos formas de aplicá-las em nosso cotidiano, começaremos a ancorar nossa vida interior e exterior na fundação da semelhança de Cristo, na santidade e na verdade de Deus.

Diariamente temos contato com uma quantidade enorme de influências que a nós chegam pelos mais variados sistemas de entrega e nos afetam de uma forma ou outra. Ler diariamente o que Deus nos disse nos equipa com os instrumentos adequados para navegarmos pelo turbilhão de informações e influências que recebemos todo dia. Aprimora nossa habilidade espiritual para discernir o verdadeiro do falso. Faz com que seja mais fácil mantermos nossos corações nas coisas que são importantes para que nossas vidas sejam de verdadeira felicidade, paz interior e harmonia com Deus e Sua vontade; ajuda-nos a sobreviver e superar tudo que a vida trouxer no nosso caminho. Como Jesus disse: Todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica, será semelhante ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. Desceu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa; contudo, ela não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.1 Viver na Palavra de Deus nos mantém em contato com Seu Espírito. As palavras que eu vos disse são espírito e vida.2 Parte de ter contato com o Senhor e de ter a paz que Ele prometeu é o tempo dedicado à leitura da Sua Palavra.

Não é fácil garimpar tempo para a leitura diária. Como toda disciplina espiritual, requer autodisciplina. Como os exercícios físicos e o treinamento que os atletas têm de fazer diariamente para manter o condicionamento físico e atingir alto desempenho, ler com regularidade as Escrituras fortalecerá seu espírito e o tornará um cristão mais forte, fundamentado na verdade e no amor de Deus. A conexão com Deus e o desfrutar da Sua Palavra ajudarão você a ser guiado pelo Espírito nas suas interações diárias com outros, nas decisões que toma e na habilidade de permanecer forte frente às tentações diárias.

Não há fórmula específica para determinar quanto ou que partes da Bíblia cada um deve ler diariamente. O importante é determinar um horário para leitura e insistir nele. Ajuda ter uma tradução contemporânea. As versões  English Standard Version (ESV), a New American Standard Bible (NASB) e a New International Version (NIV) são consideradas traduções contemporâneas boas e precisas para o inglês. A última tem sua equivalente em português, a Nova Versão Internacional (NIV) e a Edição Contemporânea Atualizada (ECA) oferece uma linguagem menos atual, mas é também uma boa opção na língua portuguesa.

Proponha-se a ler um número de capítulos por dia, como uma forma de ter uma meta realista que o motive a se dedicar à sua leitura, mesmo nos dias em que está mais atarefado. O livro Disciplinas Espirituais para a Vida Cristã destaca que 15 minutos diários de leitura lhe permitirá ler toda a Bíblia em um ano. O mesmo resultado pode ser obtido pela leitura de três capítulos por dia de segunda a sábado e, no domingo, dois a mais, ou seja, cinco. O autor explica que a Bíblia contém 66 livros e, por isso, a título de variedade, a leitura pode ocorrer a partir de três pontos distintos —Gênesis, Jó e Mateus, deixando a Bíblia dividida em três partes com aproximadamente o mesmo número de páginas. Assim, ao ler por dia o mesmo número de capítulos de cada uma dessas divisões, terminará a leitura das três partes e, portanto, de toda a Bíblia, ao mesmo tempo.

Um plano de leitura


Escolher e seguir um plano de leitura da Bíblia pode ajudá-lo a manter seu hábito de leitura, mesmo quando chegar aos trechos mais difíceis de ler. Há diversos aplicativos para dispositivos eletrônicos que podem ajudá-lo a criar seu plano de leitura, alguns dos quais disponibilizam o programa de leitura e o texto. Alguns preferem ler a Bíblia no formato livro, ou seja, da primeira à última página. Quer você leia a Bíblia em papel, no computador ou por meio de um aplicativo, o importante é que a leia.

O ideal é que a leitura ocorra em uma situação livre de distrações, em um lugar silencioso, pela manhã, antes dos afazeres do dia começarem, ou à noite, quando tudo está mais devagar. A quietude e a ausência de atividade ao seu redor facilitam a meditação no que você está lendo. Se a primeira hora da manhã não for possível, tente encontrar outro momento do dia. Mas mesmo quando não conseguir garantir algum tempo quieto, leia quando possível, sempre que tiver uma oportunidade —ou escute gravações enquanto vai para algum lugar ou faz outra coisa. É uma luta manter o compromisso de ler/estudar a Bíblia, mas fará uma diferença em sua vida.

Além da leitura individual da Palavra de Deus, ouvir alguém falar sobre ela pode ser útil também. Isso inclui ler, escutar ou assistir sermões, palestras, discussões e postagens que tenham como tema a Palavra e princípios espirituais. Os sites Âncora e Espaço dos Diretores podem ajudar nesse sentido, dentre outras excelentes páginas da Internet em que homens e mulheres de Deus falam a respeito da Sua Palavra e a ensinam. Mesmo sendo espiritualmente alimentador e benéfico ouvir sermões e ler artigos sobre a Palavra, isso não deveria substituir a leitura da Bíblia nem os benefícios do que o próprio Senhor tem a dizer a você pessoalmente por meio da Sua Palavra.

Meditar na Palavra


Ao ler a Bíblia ou escutar as explicações dos outros sobre seus textos, é importante se perguntar sobre o que Deus está falando com você por intermédio da leitura ou palestra. Pare para pensar no que está lendo. Se um trecho se destacar para você, releia-o, pense a respeito, pergunte-se por que a passagem chamou sua atenção e o que o Senhor pode estar tentando lhe dizer. Se uma parte de um sermão que estiver ouvindo lhe falar ao coração, torne a ouvi-la, pense e ore a respeito dessas palavras. Lembre-se que o motivo para ler e ouvir materiais assim não é terminar tão rápido quanto possível, ou acumular o máximo possível em um tempo pré-estabelecido, mas é absorver o conteúdo, deixá-lo falar com você e se tornar parte de você. É uma hora para deixar o Senhor se comunicar com você por meio da Sua Palavra.

Concentrar-se no que lê ou ouve, e pensar mais profundamente sobre o tema é parte do processo de meditação na Palavra de Deus. Nossas vidas são ocupadas e muitas vezes sentimos que precisamos correr de uma atividade para a próxima, de forma que é difícil dedicar o tempo necessário para realmente pensar no que lemos ou na sua aplicação, mas é importante que o façamos para que a Palavra nos afete.

Nos Salmos, Davi fala da meditação em Deus e na Sua Palavra:

Em Teus preceitos meditarei, e olharei para os Teus caminhos. Deleito-me nos Teus decretos; não me esquecerei da tua palavra.3

Centenas de anos antes, Deus falou a Josué sobre a importância de sempre meditar na Sua Palavra.

Não se aparte da tua boca o livro desta lei; medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo o que nele está escrito. Então farás prosperar o teu caminho, e serás bem-sucedido.4

Ler, escutar e meditar na Palavra de Deus traz Suas bênçãos para nossas vidas. Como diz o Salmo 1: Bem-aventurado o homem que  … tem o seu prazer na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia e de noite. Será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cujas folhas não caem. Tudo o que fizer prosperará.

Ler a Palavra de Deus e meditar sobre ela nos coloca em comunicação pessoal com Deus. Meditar no que lemos cria a oportunidade da Palavra falar aos nossos corações, porque nos dispomos a Lhe escutar. É meditando na Sua Palavra que entramos na Sua presença, famintos por aprender, crescer, mudar, aproximarmo-nos dEle e fazer Sua vontade.

Se quisermos santidade em nossas vidas, se nosso desejo for emular nosso Salvador, se quisermos que a luz a brilhar através de nós seja a luz de Deus e Seu amor, então precisamos passar tempo com Ele e com a Sua Palavra. Disciplinarmo-nos para passar esse tempo com Ele é um elemento-chave para nos assemelharmos a Cristo. De todas as Disciplinas Espirituais, esta é a mais importante, pois a Palavra de Deus —a Bíblia— é Sua revelação para a humanidade. Ler Sua Palavra, meditar sobre ela, aplicá-la ao nosso íntimo e às nossas ações externas é essencial para sermos como Jesus. É pela absorção profunda e regular da Sua Palavra em nossos corações que gradualmente nos renovamos e nos transformamos para nos tornarmos mais como Ele. É pela aplicação do que lemos e meditamos que temos a graça para viver em harmonia com Sua vontade. Pois Sua palavra é lâmpada para os nossos pés e luz para nosso caminho.5

Dedicar tempo à comunhão profunda com Deus pela Sua Palavra mudará sua vida.

[Jesus] disse: “Bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!”6

Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra. Meu Pai o amará, e viremos para ele e nele faremos morada.”7

Guardei no coração a Tua palavra para não pecar contra Ti.8 Meditarei nos Teus preceitos e darei atenção às Tuas veredas. Tenho prazer nos Teus decretos; não me esqueço da Tua palavra.9

Se quiser mais artigos de Peter Amsterdam, visite o Espaço dos Diretores.


Notas de rodapé
  1. Mateus 7:24–25. (A menos que de outra forma indicado, todos os versículos aqui citados foram extraídos da “Bíblia Sagrada” — Tradução de João Ferreira de Almeida — Edição Contemporânea, Copyright © 1990, por Editora Vida.)
  2. João 6:63.
  3. Salmo 119:15–16.
  4. Josué 1:8.
  5. Salmo 119:105.
  6. Lucas 11:28.
  7. João 14:23
  8. Salmo 119:11 NVI.
  9. Salmo 119:15–16 NVI.