“Não Querendo que Nenhum Pereça”

MARIA FONTAINE

Deus não usa de favoritismo no que se refere à Salvação, e não dá a oportunidade de recebê-lO apenas àqueles criados numa certa cultura ou religião. Ele ama Seus filhos hindus, Seus filhos budistas e Seus filhos muçulmanos da mesma forma que ama os Seus filhos cristãos, e providenciou um meio para que, se quiserem receber a Ele, não percam as Suas bênçãos eternas.

O nosso Deus é um Deus de amor, um Deus compreensivo que conhece e Se preocupa profundamente com cada uma das Suas criações. Ele compreende tudo pelo que elas passam. Não só morreu por elas, mas cada dia de suas vidas age em seus corações para aproximá-las dEle e demonstrar o Seu amor. Um Deus que fez um sacrifício assim tão grande, que despendeu todo esse tempo e esforço divino, não abandonaria tão facilmente um dos Seus preciosos filhos. Ele estende Suas mãos por meio do Seu Espírito durante toda a sua vida. Ele ama imensamente cada uma das Suas criações e deseja que vivam para sempre com Ele em Seu reino magnífico.

O Senhor nos deu o inestimável privilégio de conhecer essa verdade. Temos a importante vocação de testemunhar a salvação para os perdidos. Como disse Paulo: “Ai de mim se não anunciar o evangelho”.1 Por que acham que Jesus Se deu a todo o trabalho de vir a esta Terra e ficar aqui tanto tempo? Se Ele tivesse vindo só para morrer na cruz e voltar para o Céu, não teria tido que fazer todo o sacrifício e esforço de continuamente Se dar e empregar todas as Suas forças para pregar constantemente o Evangelho onde quer que fosse. Ele disse: “O Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido”.2

Após a Sua morte, Jesus apareceu para os discípulos e confirmou o chamado para pregarem o evangelho: “Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós”.3

O Senhor não mede esforços para derramar o Seu Espírito sobre nós e nos inundar com Suas Palavras de vida, esperança, luz e entendimento. Foi-nos dada uma grande abundância de sabedoria, águas onde nadar, e o poder do Seu Espírito para levar a Sua verdade ao mundo. A Palavra de Deus, assim como o Seu amor, não nos foram dados para guardar. A maravilhosa Palavra de Deus não realizará muito na vida de outros se não a compartilharmos.

Não podemos nos isolar nas bênçãos quando tantos no mundo buscam desesperadamente o caminho, a verdade e a vida, e estendem a mão por uma migalha que seja. Não pertencemos a nós mesmos, fomos comprados por um preço.4 Toda a Palavra e amor que o Senhor nos deu não é apenas para nos fazer felizes e desafiados, mas para dividirmos com outros.

Temos o privilégio de conhecer Suas verdades eternas, e por participarmos disso não podemos ficar desleixados quanto à nossa salvação e promessas para a eternidade. Nós, os Seus filhos, fomos grandemente abençoados acima de todos na face da Terra. Mas essa bênção gera grande responsabilidade, pois fomos incumbidos de repartir Sua Palavra e amor com todos aqueles que nunca ouviram. Que sejamos fieis em fazer o nosso trabalho bem feito!

Quer rica, quer pobre, ou remediada, todas as pessoas são carentes se não conhecem o Senhor. A única e verdadeira riqueza nesta vida pertence aos que possuem as verdadeiras riquezas do Espírito e da verdade, os tesouros no céu, onde está o nosso coração.5 Somos extremamente ricos no Espírito, porque temos a riqueza da Palavra que nos dá vida, paz e um futuro junto com Jesus por toda a eternidade.

O Senhor nos envia como Seus embaixadores. É nossa missão pregar as verdadeiras riquezas que estão disponíveis agora mesmo. Deus dá liberalmente os Seus tesouros aos que pedem e aceitam a dádiva da salvação. Ele faz todo o possível para distribuir Sua riqueza com os famintos e carentes.

O Senhor está interessado em espalhar a semente por todos os lados! Ele quer que alcancemos o máximo possível de pessoas com a mensagem da Salvação. Ele quer que espalhemos a Sua mensagem da Salvação a torto e a direito para as pessoas poderem conhecer o Seu amor.

Existem milhões de ovelhas perdidas que precisam ouvir a verdade e decidirem por Ele, aceitá-lO em seus corações para saberem que foram compradas por bom preço e que pertencem a Jesus, e não podem pertencer a este mundo. É hora de espalharmos a semente o mais rápido possível e o máximo possível, sem escolher a quem vamos dar a mensagem da Salvação. Ele “não quer que nenhum se perca, mas que todos venham ao arrependimento”.6

Sejamos fieis em falar do Seu amor a cada oportunidade, distribuindo folhetos de evangelização,7 compartilhando versículos da Bíblia, dizendo às pessoas que Jesus as ama e quer que sejam felizes”, perguntando-lhes se gostariam de orar e receber Jesus, ou testemunhando a Sua verdade sempre que possível.

Ore fervorosamente para que a mensagem que você der e as palavras que falar caiam em ouvidos e corações receptivos. Você não sabe quem está faminto, por isso deve espalhar a semente amplamente. Algumas cairão em solo rochoso, ou árido, mas outras cairão em solo bom e darão fruto.

Ainda que, num primeiro momento, você não veja muitos resultados, acredite na promessa de que a Palavra de Deus não voltará vazia, mas cumprirá o Seu propósito.8 Pode ser nesta vida, ou na próxima, mas você ficará sabendo das pessoas que conheceram a felicidade eterna em Jesus por meio da sua testificação, porque você compartilhou a Sua Palavra.

Se quiser mais artigos de Maria Fontaine, visite o Espaço dos Diretores.


Notas de rodapé
  1. 1 Coríntios 9:16.
  2. Lucas 19:10.
  3. João 20:21.
  4. 1 Coríntios 6:19–20.
  5. Mateus 6:20–21.
  6. 2 Pedro 3:9.
  7. Caso queira folhetos para baixar e usar para testemunhar, acesse: Folhetos.
  8. Isaias 55:11.